Blog do GB

Linguagens de programação: quais você deve saber?

19 de janeiro de 2021

Não dá para negar que as linguagens de programação são essenciais para quem trabalha com desenvolvimento, fazendo parte do seu know-how e da sua bagagem técnica. Afinal de contas, são elas que criam, estruturam, modificam e dão vida aos softwares. 

No entanto, mais do que se preocupar em aprender todas as linguagens de programação existentes, você deve, primeiramente, saber priorizar suas inclinações de carreira. Isto é: você quer trabalhar com front ou back-end? Quer ser um profissional full stack? Ou talvez trabalhar com aplicativos mobile? Tudo vai depender dessa resposta.

Segundo o IEEE Computer Society, os programadores, de modo geral, devem saber, pelo menos, uma linguagem de sistemas, como C ou C++, uma linguagem orientada a objetos, como Python ou Java, e uma linguagem script, como JavaScript ou PHP.

Porém, obviamente, as linguagens mencionadas acima não são as únicas soluções disponíveis no mercado. Tudo vai depender, é claro, dos seus interesses. Ainda assim, o IEEE desenvolveu uma lista com algumas linguagens de programação que estão em alta no mundo tech e que podem te ajudar a definir melhor os seus próximos passos. 

Confira abaixo essas opções, bem como algumas playlists de aprendizado:

Python

Em um mundo de LGPD e de tecnologia de dados, Python continua sendo uma das melhores linguagens de programação existentes; isso porque ela permite atuar no desenvolvimento de machine learning, inteligência artificial e, é claro, análise de dados.

Kotlin

Ainda que, inicialmente, Kotlin tenha sido desenvolvido pelo Android para ser operado na criação de aplicações mobile, ele também pode ser usado em vários outros projetos. Isso porque Kotlin é considerada uma linguagem versátil e muito atual.

Java

O Java é uma linguagem popular e consolidada no mercado, sendo, portanto, vastamente utilizada no desenvolvimento de sistemas web e no desenvolvimento de aplicações no geral. Por isso, muito provavelmente, o Java não irá “se aposentar” tão cedo.

JavaScript

O JavaScript é uma linguagem rápida e muito versátil. E, além de ser atualizada anualmente, ela também pode ser operada tanto no front como no back-end, fazendo parte da tecnologia de grandes empresas como Netflix, Uber e PayPal. 

O mercado também demanda por desenvolvedores full stack e front-end que saibam utilizar frameworks e libraries como React.js, Node.js, MongoDB e Angular.

Além disso, frameworks como React.js, Node.js e Angular estão cada vez mais em alta, por isso, ao aprendê-los, você não aprende apenas como fazer aplicativos melhores, mas também se torna capaz de saber qual é a ferramenta ideal para usar em cada situação. 

Go

Relativamente nova, essa linguagem de programação combina aspectos da programação funcional com a programação orientada a objetos. Além disso, é uma das linguagens que mais crescem no Github destinada  a substituir soluções como C++.

Aprenda lógica de programação

Independente da programação escolhida, a lógica de programação te ajudará a estruturar os caminhos necessários para um bom desenvolvimento e também te ensinará a programar de forma universal. Isso porque esse conhecimento define como um software pensa e se comporta, tanto em quesitos técnicos quanto em quesitos práticos.

Ou seja, depois de dominar a lógica de programação e seus algoritmos, você verá que a forma de aplicá-la será praticamente a mesma para todas linguagens já existentes, mudando apenas algumas regras bem específicas de cada linguagem de programação.

E então, já elegeu a sua favorita?